segunda-feira, 26 de agosto de 2013

O ânus da destruição





Lembro-me na década de 80, ensinavam nas escolas que sexo anal era prejudicial para a saúde humana e era confirmado pela medicina, que o ânus não foi feito para ser penetrado. Existiram várias publicações sobre o assunto, que era condenado o sexo oral e anal pelos médicos, por que eram porta de entrada de várias doenças.

A partir da década de 90, que começou a divulgação em massa divulgando o sexo oral, principalmente o anal, que muitas mulheres deveriam realizar essa prática. Tinha começado sair em todos os meios de comunicações, nos jornais, revistas, documentários, rádios, etc que poderia fazer sexo oral e anal desde que o parceiro tivesse higienizado. Mas o focal principal foi o sexo anal, incentivando o uso dessa prática.





Anos 90, prometeu o "Paraíso sexual na Terra", começando pelas crianças.

Na mesma década foi o boom das exibições das bundas nos meios de comunicações, existiram vários grupos que exibiram as bundas, o grupo “É o Tchan” com Carla Perez, Sheila Melo e Carvalho, com a dança “Boquinha da Garrafa” foi o grupo que inspiravam as gerações mais novas. A funkeira “Mulher Filé” disse que se inspirou nelas, por que achava bonito ser idolatrada por vários homens.

Foi nesse período que as mulheres famosas começaram falar nas entrevistas, que adoravam fazer o sexo anal, que essa prática não fazia nenhum mal. Então as estudantes nas escolas, academias, clubes etc começaram a falar publicamente que gostavam de praticar o sexo anal, influenciadas pela mídia. 

O combate no tabu do sexo anal incentivou as mulheres a essa prática, foi na intenção de tirar a estigmatização dos gays na sociedade para ser visto como normal, e incentivar o homossexualismo nos jovens, para perderem o medo do sexo anal. Primeiro começou nas mulheres e depois nos jovens, dizendo que o sexo anal é uma coisa saudável, que usando a camisinha não haveria problema algum.

Na cultura védica o ânus esta relacionado com a morte, pois a sociedade cultua o ânus irá decair socialmente e será levado à destruição. No Srimad Bhagavatan diz: “A sociedade que cultua os órgãos genitais e o ânus esta indo para escuríssima região da existência material e irá se decair socialmente, voltando ao estagio de animal, não tendo limites para os seus atos. Quer saber o destino de uma civilização, primeiro deve saber o que as pessoas fazem com os seus respectivos ânus”. Em toda sociedade indiana que cultuou o sexo e o ânus decaiu socialmente, havendo altos índices de crimes, mortes, assassinados, estupros, DSTs, etc.





Não consegue controlar os seus instintos? 

Essa passagem é muito significativa, pois a sociedade que cultua a bunda (ou seja ânus) é comparado ao inseto que é atraído pela luz de uma fogueira. O inseto é tão atraído pela beleza do fogo, que senti uma sensação super agradável, que no final o inseto morre queimado pela fogueira. Analogicamente pode-se falar a mesma coisa, quando o homem fica fascinado pela linda par de bunda de uma mulher, que no final terá a sua vida toda destruída, perdendo todos os seus bens para uma fêmea. A bunda de uma mulher pode ser comparada a luz de uma fogueira, que atrai o inseto, que é o homem.

Acreditam que estou exagerando, uma pergunta para vocês leitores “Como esta o estado emocional de vocês, que cultua o sexo? Não é um castigo ficar com a mente sempre presa a uma mulher?”. O mais engraçado de tudo, que alguns vão falar o que escrevi é um “falso moralismo”, mas não percebem que estão se fudendo feio, mas mesmo assim quer se manter na mesma situação, pior de tudo, não querem irem sozinhos para o fundo do poço, querem sempre arrastar o outro com ele. Quem cultua o sexo, viverá como um verme no excremento, mesmo que tenta tirar dessa vida, ele sempre irá voltar.

Pensem sobre isto!



6 comentários:

  1. Um escravo sexual já está falido mas não sabe ainda por está segurando os bens.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelos seus post, acesso as paginas da real e cada uma preenche uma lacuna social que o homem moderno tem com os seus costumes verdadeiros e sadios.

    ResponderExcluir
  3. Um exemplo disso é do ator Michael Douglas que disse que sexo oral provocou câncer de garganta:


    http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2013/06/michael-douglas-diz-que-sexo-oral-provocou-cancer-de-garganta-hpv.html

    ResponderExcluir
  4. É triste que tantas pessoas se percam na luxúria.
    Não tem objetivos de vida e, para alguns, a meta máxima é justamente conseguir o ânus da mulher.
    Pobres coitados...

    ResponderExcluir
  5. Realmente ser correto e se controlar ( instintos, desejos e sentimentos) não são só coisas da Bíblia. Nem tampouco somente espirituais, e sim necessidades que as pessoas negligenciam. Nossa sociedade está fadada ao fracasso, escreva isso que eu disse, pois um dia a cobra vai fumar, beleza meu garoto?

    Quem defende pontos de vista lógicos com a maioria dos GDR são perseguidos e esculachados por todos que "se dizem" exemplos. A Bíblia sempre esteve certa ( não sou um religioso assíduo, e nem frequento igrejas), está tudo lá, pode ler, foi escrito a mais de 2000 anos o que é certo e errado, e de lambuja o que acontece se você faz o mal, mesmo assim por incrível que pareça o ser humano nega a espiritualidade e acaba por se destruir através de desejos de luxuria, então até quando vamos seguir essa linha burra da história?

    ResponderExcluir
  6. Impressionante seu blog cada artigo melhor que o outro.
    Agora eu sei porque o bando de feministas queriam fecha-lo porque vc fala muitas verdades que deixam elas revoltadas.

    ResponderExcluir